sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Retrospectiva da Equipe de Testes

Oi pessoal,


Segue o resultado da retrospectiva realizada com as equipes do projeto Novo LMS.

Retrospectiva da Equipe de Testes

A equipe de testes foi criada no meio do projeto, isto é, com o desenvolvimento já em andamento. No inicio ficamos no processo Waterfall, pois a equipe de testes poderia gerar alguns riscos ao projeto, principalmente na perda da velocidade de desenvolvimento. Após algumas Sprints a equipe de testes foi integrada na mesma Sprint que estava a equipe de desenvolvimento, virando uma equipe única.

Emocional
Integração com a equipe de desenvolvimento
Acolhimento da equipe de testes pela equipe de desenvolvimento
Férias dos estagiários
Confraternização de fim de ano
Saída do Jorge (Estagiário)
Chegada da Fernanda

Comentários (Abu): Como a equipe foi formada no meio do desenvolvimento, teve um processo emocional de preocupação em ser aceito pelos demais colegas de trabalho. Esta aceitação ocorreu naturalmente, o que gerou uma satisfação dos testadores.
Também foi dados aos profissionais de teste de software, inclusive os testadores estagiários um período de férias do natal ao ano novo.
Como a equipe é nova, pela primeira vez eles participaram das comemorações de fim de ano da empresa (que é um show).
Teve uma parte triste, que foi a saída de um colega de trabalho, Jorge Sá. O Jorge foi estudar nos USA.
O ultimo item emocional foi a alegria da equipe com a entrada da analista de testes Fernanda Matos.


Organização
Mudança para o andar de baixo
Mudança do local da equipe de testes
Organização dos testes de forma estruturada
Chegada da Fernanda trouxe mais organização a equipe de testes

Comentários (Abu): Aqui o ponto que mais chama atenção é com relação a onde a equipe de testes passa a ter seus postos de trabalho. Como no inicio o processo era Waterfall eles ficavam no andar de cima da empresa.
Pela necessidade de integração com a equipe de desenvolvimento e de ficar alinhados na mesma Sprint de desenvolvimento eles foram colocados no andar térreo, junto com os demais colegas do projeto.
Também temos o destaque da melhoria da organização de trabalho com a entrada da Fernanda Matos.


Produtividade
Mudança de horário para o período da manha
Divisão das tarefas

Comentário (Abu): Foi dada a possibilidade dos estagiários terem um horário de trabalho no mês de Dezembro e Janeiro flexível e isso foi apontado como um fator de melhoria na produtividade.
Também a distribuição das atividades passa ser mais organizada, com a ajuda da Fernanda.


Processual (Scrum)
Aprendizado coletivo sobre a metodologia
Daily meeting
Reuniões diárias com a equipe de testes

Comentários (Abu): Todos os integrantes da equipe de testes aprenderam Scrum durante a execução do projeto e as reuniões de Daily Meeting foram colocadas como ponto positivo no dia a dia dos trabalhos.


Riscos
Treinamento dos estagiários
Ambiente de testes instável
Equipe de testes inexperiente
Inexperiência
Banco de dados

Comentários (Abu): Os riscos na área de testes foram a falta de conhecimento dos testadores com relação a ferramenta Selenium e PhpUnit.
O ambiente de testes so Selenium não é dos mais estáveis, o que trouxe alguns problemas para o projeto.
E a organização de um banco de dados de apoio a construção e execução dos testes automatizados.

Observação: No final tudo deu certo, os testes automatizados estão muito bons, superou as minhas expectativas. E este foi o primeiro projeto da empresa com um equipe de testes e todas esta parafernália.


Tecnológico
Falta de treinamento
Maquinas novas
Monitor LCD novo
Falta de um equipamento so para executar os testes automatizados

Comentários (Abu): Terminamos o projeto sem uma maquina exclusiva para execução de testes automatizados. Nos executávamos sempre na maquina de um dos testadores.
Os testadores ganharam equipamentos melhores para a execução dos seus trabalhos, pois as primeiras maquinas eram terríveis.
Também ganharam um monitor LCD para a execução dos testes com este tipo de dispositivo.


Meus amigos...

Nos montamos uma equipe de testes no meio do desenvolvimento do projeto. Contratamos estagiários para a execução dos testes. Contratamos uma analista de testes para a melhoria do processo.
Iniciamos a execução dos testes em forma de Waterfall e depois realmente fizemos testes com características agíeis.

Eu so posso resumir os trabalhos destes profissionais com uma frase: “Foi uma das melhores coisas que nos fizemos”, sem a equipe de testes junto, não teríamos chego a aonde chegamos.

Muito obrigado ao Paulinho, Felipe, Marcio e Fernanda.

Abraços a todos,

Abu

Um comentário:

Fernanda disse...

Ai q ralapsa q que sou... devo confessar que faz tempo que não leio teu blog, mas não fique muito triste, nem as noticias do mundo tenho visto, muito trabalho, sabe como é, esse projeto tá chegando na reta final, e a nossa equipe tá se arrebentando (no bom sentido) pra fazer o melhor.
Bom, só tenho a agradecer a oportunidade me dada, e toda a sua disponibilidade em ajudar e repassar os conhecimentos.
Thank you!!!!!!