domingo, 6 de novembro de 2011

Kibe Árabe da Dona Julieta - Trabalhando em Projetos com Especialistas

Bom dia pessoal,

Vamos mostrar como ter um especialista pode acelerar o processo de desenvolvimento de um projeto. No nosso exemplo vamos mostrar os passos a passos de fazer um verdadeiro kibe árabe, a especialista é a dona Julieta, minha querida mamãe.

Eu já fiz algumas vezes Kibe em casa e em processo empírico vou acertando e errando, ter uma tutoria ajuda a reduzir o tempo de aprendizado, aumenta a qualidade do produto e com isso reduz o risco de insatisfação do cliente.

É neste ponto que quero mostrar este post, posso fazer vários kibes ate deixar no nível de satisfação de meu Product Owner, que neste caso sempre é o pessoal em casa, mas posso reduzir o tempo de aprendizado, colocando um especialista no processo.

Vamos a receita. Detalhe as fotos são de 3 kg de carne, mas a receita que vou passar é para a medida de 1 Kg de carne.

1 kg de carne bem limpa e moída, limpo é sem gordura e sem nervos. A carne que tem melhor sabor é alcatra, mas pode ser feito, patinho ou coxão mole.



3 maços de hortelã, separados dos galhos, deixando apenas as folhas. Uma dica do especialista, lave as folhas e seque.



1 maço de manjerona (pode ser também manjericão), nas fotos não temos este item, pois não encontramos para comprar.

1 colher de sopa cheia de pimenta Síria sobre a carne

1 bola pequena de noz-moscada ralada sobre a carne

1/2 colher de sopa de canela doce




2 cebolas grandes. Deixe dentro de uma tijela com água. Essa dica do especialista é para remover o leite que a cebola solta. Este leite deixa um cheiro forte. A cebola foi cortada em gomos, veja a foto.




Sal a gosto

Pimenta caseira a gosto. Pode ser utilizado também pimenta normal.



Para 1 kg de carne vai 1/2 kg de trigo. O trigo deve ser passado na peneira para remover o farelo. O farelo pode ser utilizado para fazer pão, outro dica do especialista. O especialista também comentou que para Kibe assado a medida de carne e trigo são as mesmas, com isso 1 kg de carne recebe 1 kg de trigo para o Kibe assado ou frito. O especialista também recomenda o trigo argentino, pelo sabor e qualidade, este trigo praticamente não tem a palha, não sendo necessário peneirar.



Como fazer, passo a passo....

Moer uma vez a carne, sem tempero nenhum (Dona Julieta executando a atividade)



Resultado esperado


Limpar a peca que a carne moída sai do moedor de carne, pois fica nervos da carne que existiam antes deste processo.




Moer a segunda vez a carne com cebola, hortelã e manjerona. Nesta etapa não entra tempero ainda. O processo de moer é tudo junto, um pouco de hortelã e manjericona, cebola e carne.





Misture a carne que foi moída, para ficar uma massa uniforme.



Coloque sal, noz-moscada, canela, pimenta Síria, pimenta ardida. Misture tudo.



Resultado esperado


Prove para ver se está bom o tempero.

Agora vamos lavar o trigo, lavar o trigo não é deixar de molho. Basta colocar em um vasilhame, colocar água e escorrer a água. Repetir este processo três vezes.




Misturar o trigo com a carne moída.



Detalhe, o Kibe vai ficando cada vez mais de cor marrom, ou seja da cor do trigo. Uma boa pergunta, porque os kibes em restaurante são vermelhos? Eu também gostaria de saber.

Vamos moer mais uma vez e a ultima vez.



E agora podemos arrumar em uma travessa para servir. Na arrumação é feito o sinal da Cruz e pronunciado as palavras "em nome de Deus" em árabe. Depois a decoração é terminada.





Pinga árabe para acompanhar (Arak)


Sobremesa para acompanhar


Um detalhe importante, o Kibe como o feijão brasileiro ele tem características regionais, com isso cada parte do Líbano faz com algumas características diferentes. O Kibe da dona Julieta tem uma textura mais macia, receita herdada pela família que morava próxima a capital Beirute.

Mesa montada


A informação de como fazer um Kibe com receita de familia está agora armazenado neste blog e a informação passou a ser conhecimento para mim. O trabalho com a especialista fez com que o conhecimento seja adquirido de maneira mais otimizada.

Muito obrigado Dona Juju, chegando em Florianópolis quero colocar o conhecimento adquirido em pratica.

Te amo, beijos

Junior (Abu)

8 comentários:

Blog Mais que Natural disse...

Adorei essa receita, ainda mais quando vi acopmpanhado de charutos, que pareciam tambem deliciosos. Estive em Junho no Libano, lá tive a oportunidade de conhecer, alem de Beirute, um vilarejo nas montanhas chamado Kfarnis. Parabens para D."juju" e para voce tambem pelo blog. Abraços!

Blog Mais que Natural disse...

Junior,
A Chris, minha esposa, ta dizendo que os Kibes de restaurante sao vermelhos pois não levam cebola na massa. Quer experimentar assim pr aver se fica vermelhinho? Depois conte-nos. Abraços..Ricardo.

0173260d26e23d4603c75c3183de5743c650ba774c disse...

Abu, em restaurantes os kibes são mais avermelhados pois eles ralam pimentões vermelhos junto com a carne paradar esse efeito! :)
Abraço, trentas

Blog do Abu disse...

Nome : Rachuê


Numa panela coloque um pouco de óleo e deixe aquecer.
Adicione a carne moida e vá mexendo para ir fritando e desempelotando,
ficando soltinho.
Pique cebola, um tanto suficiente que supere a carne moida. ( ou seja
aparecerá mais cebola que carne )
Adicone sal, pimenta do reino ( prefiro pinenta caseira ), tempero sirio.
Deixe fritando, mexendo para ficar uniforme.
Quando a cebola amolecer, desligue.
Deixe esfriar e adicione limão, para dar aquele sabor especial.
Sirva com quibe cru e tambem serve de recheio para o quibe assado. Se
desejar nesse recheio do quibe nozes picadas.

PS. Por exemplo um quilo de carne moida.
4 cebolas grandes picadas.
No final uns 3 limões ( é bom experimentar ).
Quando for fazer o quibe assado, pode por o caldo que está na carne, deixará
o quibe mais macio.
Para assar :
Unte um refratário com manteiga.
Amoleça o quibe com água.
Forre o refratário com uma camada de quibe.
Adicione o recheio com ou sem as nozes.
Cubra com outra camada de quibe.
Corte em quadrados, adicionando pedaços de manteiga ou esparramando a
manteiga derretida.
Cubra com papel laminado e leve para assar.

Eva Parreiras disse...

Gostaria de uma informação, toda vez que faço quibe quando vou fritar ela se abrem todos.
Porque ???

tieteense disse...

O Quibe fica muito mais gostoso se tirarmos a cebola , poucos sabem a cebola estraga o sabor de qualquer alimento .


Ilda disse...

Adorei as dicas! Faço a versão vegetariana e nunca tinha feito quibe na vida. Bom aprender com quem compreende do assunto. Também não tive hábito de consumir, quando fazia ingestão de carne. Testa com a família o quibe de berinjela e proteína de soja. Ou berinjela e lentilha. Amanhã vou peneirar e lavar o trigo. Um abraço na família.

Taynara Falcão disse...

Posso pegar esse quibe assim e assar?