domingo, 31 de maio de 2009

RFID x Cerveja x Geladeira x Empresa GTT

Oi pessoal,

Este post é muito show. Vamos iniciar mostrando fotos de cerveja e refrigerantes com um papel colado nas garrafas. O que é o papel colado? Etiquetas de RFID.

A equipe da empresa Gtt de engenheiros e técnicos colocou o protótipo do produto em funcionamento em 3 dias, sendo que nestes três dias foi concertado a geladeira, colocado uma webcam, termômetro, etiquetado os produtos e ainda desenvolvido o software de monitoramento de produtos dentro da geladeira.

Um produto entra ou um produto sai de dentro da geladeira e o software identifica a entrada e saída. Também esta sendo realizado os testes com etiquetas de termômetro, que permite identificar a variação da temperatura em períodos de tempos.

Na sexta feira, para aproveitas as bebidas e os aniversariantes do mês, foi realizado uma festa de aniversario, com direto a salgados, bolos e as bebidas etiquetadas.

Segue as fotos...


Foto 01 - Produtos a serem etiquetas

Foto 02 - Produtos a serem etiquetas

Foto 03 - Geladeira transformada em um leitor RFID

Foto 04 - Computador conectado a geladeira

Foto 05 - Parte interna da geladeira, com as cervejas já etiquetas e a webcam

Foto 06 - Equipe preparando tudo

Foto 07 - Equipe preparando tudo

Foto 08 - Festa de aniversário e bebidas geladas e etiquetadas

Foto 09 - Festa de aniversário e bebidas geladas e etiquetadas

Foto 10 - Festa de aniversário e bebidas geladas e etiquetadas

Foto 11 - Festa de aniversário e bebidas geladas e etiquetadas

Foto 12 - Festa de aniversário e bebidas geladas e etiquetadas

Foto 13 - Festa de aniversário e bebidas geladas e etiquetadas

Foto 14 - Festa de aniversário e bebidas geladas e etiquetadas

Foto 15 - Bebidas vazias e etiquetadas, os trabalhos continuam com as garrafas vazias


Parabéns a todos,

Abu

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Mais um para o time (Abu e Innovit)

Oi pessoal,

A empresa Innovit publicou um post no seu blog sobre a minha contratação.

Para quem tem interesse em ver a foto do Abu de Terno e Gravada, segue o link: http://www.innovit.com.br/blog/?p=20

Observação: Estou com cara de dono de funerária.

Abraços a todos,

Abu

quarta-feira, 27 de maio de 2009

PHPSC Conf 2009

Oi pessoal,

Olha que show a conferência que vai ser realizada.

Local:Univali, campus Itajaí - Rua Uruguai, 458 - Centro - Itajaí, SC
Data: 29, 30 e 31 de Maio de 2009
Horários:

Sexta: das 8h00 as 12h00 e das 13h00 as 22h00;
Sábado: das 8h00 as 12h00 e das 13h00 as 22h00;
Domingo: das 13h30 as 17h00 - PHP TestFest;


Link: http://www.phpsc.com.br/phpsc-conf/pt/


Abraço a todos,

Abu

terça-feira, 26 de maio de 2009

Abu e Innovit


Oi pessoal,

A partir de hoje já é oficial, Abu está trabalhando junto com a empresa Innovit (http://www.innovit.com.br)

Mas qual a área de atuação da Innovit?

Vamos a apresentação...






Mas como nasce este processo que da inicio a esta parceria?

O Nikolai é meu colega na Faculdade, foi meu professor na pós-graduação em gerenciamento de projetos e também foi quem trouxe o curso de Scrum que eu fiz.

Olha a foto do camarada, para quem não conhece.



Então... vamos trabalhar.

Abraço a todos,

Abu

domingo, 24 de maio de 2009

Cartão de Historia Quebrados em Tarefas

Oi pessoal,

As pessoas sempre perguntam nas minhas palestras / treinamentos como funciona o processo de identificação de tarefas de um cartão de historia. Então vamos ao um exemplo pratico, do cartão de historia que eu implementei na sexta feira, no projeto da empresa Gtt (http://www.gtt.com.br).

[1] Primeiro passo é fazer o levantamento dos frequisitos

Requisito:

R1 - Cadastro de usuário
R2 - Cadastro de grupo de usuários (Gtt, medico e distribuidor)
R3 - O usuário medico so pode ter acesso as informações da entidade que ele pertence
R4 - O usuário distribuidor so pode ter acesso as informações que ele pertence
R5 - Um usuário distribuidor não pode alterar informações de outro usuário distribuidor que não faz parte da sua empresa
R6 - Um usuário medico não pode alterar dados de outro usuário medico que não faz parte de sua entidade

[2] O segundo passo é entender estes requisitos

[3] Terceiro passo é colocar os requisitos em forma de Cartão de Historia, para termos requisitos escritos de maneira estruturada (formatada) e ter os requisitos com uma única responsabilidade. Escrever o requisito em forma de Cartão de Historia nos ajuda inclusive a fazer um refinamento dos requisitos, isto é, melhorar a nossa analise.

Cartão de Historia

MODELO: Como um [usuário papel], quero [meta], para que eu possa [motivo].


[c1] Como um administrador do sistema GtMed, quero cadastrar usuários do sistema com o perfil de medico, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

[c2] Como um administrador do sistema GtMed, quero cadastrar usuários do sistema com o perfil de distribuidor, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

[c3] Como um administrador do sistema GtMed, quero cadastrar usuários do sistema com o perfil de Gtt, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

[c4] Como um usuário, não posso ter acesso a nenhum cadastro de outro usuário, para que eu não possa modificar informações que não são minhas.

[c5] Como um usuário administrador medico, quero cadastrar usuários do sistema que pertençam a minha entidade, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

[c6] Como um usuário administrador distribuidor, quero cadastrar usuários do sistema que pertençam a minha distribuidora, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

[c7] Como um usuário Gtt, quero alterar os meus dados cadastrais, para que eu sempre tenho minhas informações atualizadas.

[c8] Como um usuário medico, quero alterar os meus dados cadastrais, para que eu sempre tenho minhas informações atualizadas.

[c9] Como um usuário distribuidor, quero alterar os meus dados cadastrais, para que eu sempre tenho minhas informações atualizadas.

Observação: Não estão todos os Cartões aqui, so alguns, para termos uma visão de como funciona.

[4] Passo é pegar cada Cartão de Historia e quebrar em tarefas que representem tudo o que tem que ser feito para o Cartão de Historia ser considerado completo.
As tarefas devem ser quebradas na grandeza de um dia ideal de trabalho, para que quando uma pessoa da equipe pegar esta tarefa ele possa realizar em um dia, não deixando trabalho para o dia seguinte.
Caso exista tarefas muito pequenas e que não chegam a pelo menos uma hora de trabalho, estas tarefas devem ser agrupadas, formando um conjunto de tarefas pequenas e que uma pessoa da equipe possa pegar e realizar todas elas em um montante de horas de trabalho, mas estas horas não podem ser maior que um dia ideal de trabalho.
Porque um dia ideal de trabalho? Para ao termino do dia o executor do trabalho tenha a sensação de trabalho concluído, para que a meta “um dia de trabalho” possa ser buscada e alcançada. Metas pequenas são mais fáceis de serem alcançadas.

[c1] Como um administrador do sistema GtMed, quero cadastrar usuários do sistema com o perfil de medico, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

[c2] Como um administrador do sistema GtMed, quero cadastrar usuários do sistema com o perfil de distribuidor, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

[c3] Como um administrador do sistema GtMed, quero cadastrar usuários do sistema com o perfil de Gtt, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

Os três Cartões de Historia (c1, c2 e c3) podem ser implementados com as seguintes tarefas

[t1] Usuário administrador do sistema
[t2] Montar tela de cadastro de usuários
[t3] Construir a funcionalidade de incluir
[t4] Construir a funcionalidade de alterar
[t5] Construir a funcionalidade de excluir
[t6] Construir a funcionalidade de consultar
[t7] A consulta tem que mostrar todos os registros cadastrados
[t8] Escolher o tipo de usuário que esta sendo cadastrado: medico, gtt ou distribuidor

[c4] Como um usuário, não posso ter acesso a nenhum cadastro de outro usuário, para que eu não possa modificar informações que não são minhas.

[c7] Como um usuário Gtt, quero alterar os meus dados cadastrais, para que eu sempre tenho minhas informações atualizadas.

[c8] Como um usuário medico, quero alterar os meus dados cadastrais, para que eu sempre tenho minhas informações atualizadas.

[c9] Como um usuário distribuidor, quero alterar os meus dados cadastrais, para que eu sempre tenho minhas informações atualizadas.

Os quatro Cartões de Historia (c4, c7, c8 e c9) podem ser implementados com as seguintes tarefas

[t1] Mostrar os dados do usuário logado
[t2] Permitir alteração
[t3] Não dar acesso aos dados dos demais usuários
[t4] No menu ao solicitar esta opção mostrar direto o cadastro do usuário logado

[c5] Como um usuário administrador medico, quero cadastrar usuários do sistema que pertençam a minha entidade, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

Tarefas:

[t1] Mostrar na consulta apenas os usuário cadastrados da entidade do usuário logado
[t2] O usuário a ser cadastrado deve ser automaticamente vinculado a entidade do usuário logado.

[c6] Como um usuário administrador distribuidor, quero cadastrar usuários do sistema que pertençam a minha distribuidora, para que este usuário possa utilizar o software GtMed.

Tarefas:

[t1] Mostrar na consulta apenas os usuário cadastrados da distribuidora do usuário logado
[t2] O usuário a ser cadastrado deve ser automaticamente vinculado a distribuidora do usuário logado.

As tarefas podem ser estimadas em horas, mostrando o tempo necessário em horas para uma Sprint ser executada.

Um abraço a todos,

Abu

Celular Nokia 6212 Classic x RFID x Abu

Oi pessoal,

Brinquedo novo de trabalho do Abu, estou com o celular Nokia 6212 classic para fazer testes com RFID.

O objetivo é fazer uma analise da API de desenvolvimento que a Nokia oferece.

Olha a foto do aparelho:



Abraços a todos,

Abu

Fotos da Empresa Gtt

Oi pessoal,

Segue as fotos da empresa Gtt (http://www.gtt.com.br). A equipe é fantástica, nos temos engenheiros elétricos, engenheiros mecânicos, computação, eletrônica e o pessoal da equipe de administração da empresa.












Outro post da empresa: http://blogdoabu.blogspot.com/2009/05/abu-e-empresa-gtt.html

Abraços a todos,

Abu

sábado, 23 de maio de 2009

Contar pontos?

Sim, estimativa focada a contagem de pontos de esforço e porque não?

Mas como funciona?

Eu sempre faço uma brincadeira em minhas palestras / cursos. Segue a dinâmica...

Todo sábado eu faço pizza em casa, sempre temos pizza por exigência da filha.

Geralmente é feito pizza de mussarela, calabresa, rúcula com tomates secos, chocolate, brócolis e palmito.

Nos devemos buscar a mais simples de ser feita. Quando eu pergunto para as pessoas elas sempre falam que a pizza mais simples é a de mussarela.

Um alerta neste momento, as pessoas deveriam me perguntar como funciona o processo de montagem de cada pizza e não apenas identificar a mais simples pelos seus próprios conhecimentos, isso faz com que exista um alinhamento entre todos os envolvidos de como funciona o processo de montagem de cada pizza e também deixa claro o que faz parte e o que não faz parte de cada pizza que esta sendo montada.


Quanto mais conhecimento passamos a ter da pizza que vai ser produzida, maior será a nossa assertividade com relação ao trabalho a ser executado e o esforço necessário para a realização deste trabalho.

Uma vez identificado a pizza mais simples, que no nosso caso esta sendo a pizza de mussarela, esta recebe a quantidade de pontos igual a 2. Por que dois? Porque pode aparecer uma pizza brotinho, que vai ter um esforço menor que as demais e desta maneira evita o retrabalho de recontagem de pontos. Fica como uma brecha para tarefas de criação de uma pizza que exija um esforço menos que a nossa pizza de mussarela.

Agora nos devemos comparar o esforço necessário para a realização da pizza de calabresa com a nossa pizza de mussarela. Esta comparação tem o objetivo de identificar o quanto a mais ou menos uma pizza exige de esforço em relação a outra.

No caso das pizzas de calabresa X mussarela geralmente as pessoas colocam que calabresa vale 2 vezes a mais, totalizando 4 pontos.

De novo.... Pergunte sempre como funciona o processo de fazer a pizza, para que a analise do problema fique clara para todos, não faça a comparação dos esforços baseado apenas no seu conhecimento.

Devemos repetir a atividade de comparar todas as demais pizzas com a nossa pizza de mussarela e ao total de todas as comparações nos temos pontos para cada pizza.

Mussarela 2 pts

Calabresa 4 pts

Rúcula com tomates secos 3 pts

Chocolate 1 pt

Brócolis e palmito 2 pts

Total de pontos da nossa rodada de pizzas do fim de semana: 12 pts.


Com o total de pontos gerados nos temos uma visão de esforço necessário para a realização do nosso sábado de pizzas.

Observação: A contagem de pontos é uma maneira de buscarmos uma grandeza de esforço e não a busca por horas, dias, meses, etc. Ela permite abstrairmos o tempo, para que depois de sabermos o esforço necessário para a realização do nosso sábado de pizzas, nos possamos transformar estes pontos em tempo. Mas esta transformação vai ser outro post.


Link das pizzas:
http://blogdoabu.blogspot.com/2008/12/oi-pessoal-segue-as-fotos-da-nossa.html

http://blogdoabu.blogspot.com/2008/10/pizza-gil-do-abu-executando-itens-de.html

Abraços a todos,

Abu

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Fotos do IV Encontro de Scrum na Estácio de Sá / Abu

Oi pessoal,

Segue as fotos da palestra de 6 horas de Scrum na faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina.














Muito obrigado ao Coordenador Coradini, Professor Daniel e a Instituição pela viabilidade da palestra.

Muito obrigado aos alunos da Faculdade e aos profissionais do mercado de tecnologia da grande Florianópolis por ajudarem a fazer desta palestra um evento rico em troca de conhecimentos.

Abraços a todos,

Abu

sábado, 16 de maio de 2009

IV Encontro de Scrum na Estácio de Sá / Abu

Bom dia pessoal,

Todo ano e pelo menos uma vez por ano, eu realizo um encontro / palestra / mini workshop de Scrum na Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina.

Este ano nos dias 19 e 20 de maio de 2009 das 19:00 as 22:00 horas será realizada uma palestra dividida em dois encontros, totalizando 6 horas de palestra. Nesta palestra sempre temos uma riqueza muito grande nos debates e tira duvida dos presentes.

O evento é gratuito.

Estes são os link´s dos encontros dos anos anteriores:

http://blogdoabu.blogspot.com/2007/10/apresentao-de-scrum-na-estacio-de-s.html

http://blogdoabu.blogspot.com/2007/12/scrum-de-fim-de-ano.html

http://blogdoabu.blogspot.com/2008/10/fotos-do-treinamento-de-scrum-na-estcio.html

Espero vocês,

Abu

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Scrum e DSoft - Terceira Turma

Oi pessoal....

Terminamos o curso de Scrum com a Terceira Turma em parceria com a DSoft. Neste treinamento tivemos 13 pessoas e a qualidade dos debates superaram as expectativas. A qualidade dos alunos trouxe uma riqueza muito grande ao curso.

A todos uma boa jornada e que seja possível aplicar os conhecimentos do Scrum em suas vidas profissionais.

Segue as fotos....


















Abraço a todos,

Abu